10
a12

maio

Olhares
Frontais

Os OLHARES FRONTAIS, secção dos Encontros de Cinema de Viana, são um espaço privilegiado de partilha e conhecimento entre alunos e professores das escolas de cinema, audiovisual e multimédia, mediadores, cineclubistas, investigadores, artistas e profissionais do meio cinematográfico.

Tema 2024: A memória

Programa provisório

maio 10
sexta
Hora Atividade Local
21h00

Olhares Frontais

Abertura Oficial e Boas-vindas

Carlos Eduardo Viana e Pedro Sena Nunes

Teatro Municipal Sá de Miranda
21h15

Filme convidado

melusinas à margem do rio

Melusinas
à Margem do Rio

de Mélanie Pereira, documentário, PT 2023, 84'

Presença da realizadora, conversa no final do filme.

Teatro Municipal Sá de Miranda
23h15

Prémio PrimeirOlhar > Sessão 1

Filmes em competição

Presença de realizadores e Júri Oficial e Júri Cineclubes

Teatro Municipal Sá de Miranda
00h00

Ponto de encontro

Todos os convidados e participantes dos Olhares Frontais

Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda
maio 11
sábado
Hora Atividade Local
10h30

Prémio PrimeirOlhar > Sessão 2

Filmes em competição

Presença de realizadores e júris

Teatro Municipal Sá de Miranda
11h45

Escola Internacional
de Cinema - Eslováquia

Apresentação da Escola Convidada e Exibição de Curtas-metragens Sessão 1

The Academy of Performing Arts - Film and Television Faculty (VSMU - 1990) CILECT (full member)

Faculty of Film and Television - Academy of Performing Arts (vsmu.sk)

Apresentação de filmes seguida de conversa com aluno representante da escola

Teatro Municipal Sá de Miranda
13h00

Almoço

14h30

As melhores Curtas-metragens
Europeias 2023 > Sessão 1

Programa EFA – European Film Academy

  • Aqueronte, de Manuel Muñoz Rivas (Espanha, documentário, 26')
  • Hardly Working, de Total Refusal: Susanna Flock, Robin Klengel, Leonhard Müllner and Michael Stumpf (Áustria, documentário, 21')
  • 27, de Flóra Anna Buda (França, Hungria, animação, 11')

Filmes legendados em inglês

Teatro Municipal Sá de Miranda
15h45

Espaço Memória 1

bom povo português

Bom Povo Português

de Rui Simões, documentário, PT 1981, 127'

Apresentação pelo crítico de cinema, António Roma Torres.

Teatro Municipal Sá de Miranda
18h15

Intervalo e troca de impressões

18h30

Prémio PrimeirOlhar > Sessão 3

Filmes em competição

Presença de realizadores

Teatro Municipal Sá de Miranda
19h30

Jantar

21h00

As melhores Curtas-metragens
Europeias 2023 > Sessão 2

Programa EFA – European Film Academy

  • Flores del Otro Patio, de Jorge Cadena (Suiça, Colombia, ficção, 15')
  • Daydreaming so Vividly About Our Spanish Holidays (La Herida Luminosa), de Christian Avilés (Espanha, ficção, 24')

Filmes legendados em inglês

Teatro Municipal Sá de Miranda
21h30

Cinema Português
50 anos de Abril: Ditadura, Revolução, Liberdade, Memória, Amor e Comunidade
Animação encontra a Ficção

1 • Animação:
vitalidade de uma memória

os salteadores

Os Salteadores

de Abi Feijó, 1993, 15'

2 • Ficção:
vitalidade de uma personagem

menina

Menina

de Simão Cayatte, 2016, 15'

3 • Animação:
vitalidade de um tempo

quase me lembro

Quase me Lembro

de Dimitri Mihajlovic, Miguel Lima, 2023, 9'

4 • Ficção:
vitalidade de uma mise-en-scéne

2720

2720

de Basil da Cunha, 2023, 24’

5 • Documentário:
vitalidade de uma invenção

outras cartas ou o amor inventado

Outras Cartas ou o Amor Inventado

de Leonor Noivo,2012, 51’ - Produção: C.R.I.M.

Presença de alguns realizadores e produtores, conversa no final.

Teatro Municipal Sá de Miranda
00h00

Ponto de encontro

Todos os convidados e participantes dos Olhares Frontais
Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda
maio 12
domingo
Hora Atividade Local
10h30

Prémio PrimeirOlhar > Sessão 4

Filmes em competição

Presença de realizadores

Teatro Municipal Sá de Miranda
11h30

Conversa Final

Metodologias e processos de trabalho

Os realizadores do PrimeirOlhar presentes juntam-se para a conversa final
Moderadores: Convidados e jurados presentes (professores e investigadores)

Teatro Municipal Sá de Miranda
12h30

Entrega dos Prémios PrimeirOlhar:

Oficial, Cineclubes e Graça Lobo

Presença dos realizadores e jurados

Teatro Municipal Sá de Miranda
12h45

Balanço dos Olhares Frontais

Carlos Eduardo Viana e Pedro Sena Nunes
Direção dos Encontros Cinema de Viana e Olhares Frontais

Teatro Municipal Sá de Miranda
13h00

Almoço

15h00

Escola Internacional de Cinema – Eslováquia

Curtas-metragens da Escola Convidada > Sessão 2

Teatro Municipal Sá de Miranda
17h00

Encerramento

inês rebanda coelho

Pedro Sena Nunes

Coordenador dos Olhares Frontais

Realizador, programador cultural e professor na área da criação artística, cinema documental e cinema experimental. Realizou diversos filmes com apoio do ICA/RTP - documentários, ficções e spots publicitários. Desenvolveu projetos fotográficos de autor. Co-diretor artístico da Vo'Arte, co-fundador da Companhia Teatro Meridional, é consultor e coordenador de diversos projetos culturais nacionais e internacionais. Integrou as equipas dos projectos europeus Fragile, Unlimited e European Video Dance Heritage (EVDH). Co-dirige os Festivais Internacionais InShadow, InArt e InMotion nas áreas do cinema, fotografia, dança e performance, e é programador dos Olhares Frontais, projeto que integra os Encontros de Cinema de Viana, há 20 anos, onde coordena também o projecto Histórias da Praça. Colaborou no desenho do Festival Filmes do Homem, atual MDOC, onde é responsável pela Residência Plano Frontal. O seu projeto artístico centra-se cada vez mais numa prática com dimensão social através do cruzamento de todos com todos, intérpretes com multi-defiência e artistas profissionais. Há 27 anos que se dedica intensamente à área pedagógica, dirigindo laboratórios dedicados à experimentação e inovação, tanto documental, como ficcional. Leciona nas áreas de realização cinematográfica, narrativas transdisciplinares e relação da performance com as tecnologias na ESTAL, IPA, SOU e EscreverEscrever. No Mestrado de Cinema Documental da ESMAD (Porto) leciona há 12 anos e é coordenador pedagógico na ETIC há 18 anos, escola onde foi diretor criativo, e colaborou na implementação dos novos cursos HND certificados pela maior entidade educativa: Pearson. Orquestrador e encenador de diversos projetos teatrais, coreográficos e performativos, foi inúmeras vezes premiado pelos seus trabalhos cinematográficos, fotográficos e transdisciplinares em Portugal e no estrangeiro. Co-criou o projeto Geração Soma, apoiado pelo Programa PARTIS - Integração social através das práticas artísticas, da Fundação Calouste Gulbenkian. Atualmente é doutorando na Universidade de Lisboa (UL) em artes performativas e imagem em movimento, é também investigador do CLEPUL-GECAPA nas áreas experimentais de cruzamento entre corpo e imagem. Terminou o seu último filme "Quatro Estações e Outono" e prepara “Um mar de céu”.